Project Description

ESCOLAS RESÍDUO ZERO ILHABELA

Em 2018, as escolas municipais de Ilhabela conduziram com seus alunos o projeto Escolas Resíduo Zero, que por meio da compostagem reciclou 145 toneladas de resíduos orgânicos, gerando economia aos cofres do município, aproveitamento dos resíduos e educação socioambiental.

A ação foi uma iniciativa da Secretaria de Educação de Ilhabela com a Morada da Floresta, especializada em soluções para redução do descarte de resíduos, em parceria com a Flow Desenvolvimento Sustentável e Consciente, responsáveis por acompanhar as visitas técnicas de implantação e supervisão nas escolas durante todo o projeto.

“A proposta do projeto foi realizar uma reflexão sobre consumo e o destino que estamos dando para os nossos resíduos. A compostagem é um processo que conecta a gestão de resíduos sólidos com um debate mais amplo sobre consumo, e como podemos nos tornar uma sociedade resíduo zero, começando pelo trabalho nas escolas”, afirma Claudio Spínola, sócio da Morada da Floresta.

A compostagem foi implantada em duas fases: no início, 14 escolas com maior geração de resíduos receberam cilindros para compostagem termofílica. Na fase seguinte, 21 escolas com produção menor de resíduos receberam composteiras domésticas, para compostagem por meio de minhocas. As escolas receberam também instrumentos e ferramentas necessárias para a prática e monitoramento da compostagem como termômetros, pás e enxadas. Ao todo, 39 instituições participaram da campanha e os dados coletados na prática renderam atividades em várias disciplinas.

+

Além de um programa associado à temática de resíduos sólidos, em acordo com a Política Nacional de Resíduos Sólidos, a compostagem foi utilizada como ferramenta de educação ambiental em várias disciplinas, explicou Victor Hugo Argentino de Morais Vieira, responsável pelo monitoramento de Projetos de Compostagem Profissional e Socioambientais da Morada da Floresta, em entrevista ao jornal Folha de São Paulo.

Com a iniciativa, a prefeitura de Ilhabela economizou recursos – R$ 84.796,07 em 2018 e R$ 106.733,57 em 2019. Ao mesmo tempo, proporcionou a prática da educação ambiental entre professores e alunos, maior consciência no aproveitamento dos resíduos e a produção de mais de 50 toneladas de adubo orgânico.

Os princípios do projeto Escolas Resíduo Zero, que combinam solução descentralizada para resíduos com educação socioambiental e até hortas escolares, permanecem atuais e podem ser replicados em escolas públicas ou privadas por todo o Brasil.

-

Detalhes do projeto

  • Ano 2018
  • Localidade: Ilhabela (SP)
  • Beneficiados: 39 escolas
  • Realização: Secretaria de Educação e Prefeitura de Ilhabela
  • Apoio: Flow Desenvolvimento Sustentável e Consciente
  • Consultoria e execução: Morada da Floresta

Para que esse projeto faça parte da
Responsabilidade Social da sua prefeitura
ou comunidade, fale com a gente
social@moradadafloresta.eco.br

PARCEIROS

IMAGENS QUE FALAM

Busca

Busca

Assuntos

Assuntos

Mídias

Mídias

Veículos

Veículos

Datas

Datas

OUTROS PROJETOS