ReSemana da Compostagem

Aproveitando o clima da Semana Internacional da Conscientização sobre Compostagem (ICAW), criamos a ReSemana da Compostagem para oferecer lives com conteúdos, dicas e diálogos sobre compostagem, sem conflito de agendas. Assim você poderá acompanhar as atividades sem sentir a sensação de estar perdendo alguma coisa.

De 10 a 16 de maio 2021

Confira o que vai rolar na ReSemana

Para abrir a ReSemana da Compostagem, Cláudio Spínola conversará com 2 convidadas mais que especiais, com inspiradoras trajetórias. Essa roda de conversa visa proporcionar um ambiente informal de diálogo e reflexões sobre…

11/05 (ter) - 16:30 às 17:45hs

Nessa roda de conversa convidamos revendedoras da composteira de diferentes localidades e perfis profissionais para compartilhar como a compostagem agregou no propósito do trabalho que elas já realizavam.

11/05 (ter) - 19:00 às 20:00hs

Cláudio Spínola foi convidado pela Escola Santi para participar do Bate papo com especialista do programa Santi de Portas Abertas, que visa agregar ideias para gerar inovação. Nessas rodas de conversas temáticas…

12/05 (qua) - 16:30 às 17:30hs

Separamos 1 hora para responder dúvidas relacionadas à compostagem de grandes volumes. Se você possui dúvidas e gostaria que fossem respondida, coloque-as em comentários nesse post.

12/05 (quar) - 19:00 às 21:00hs

Nessa roda de conversa, convidamos mulheres pioneiras na compostagem e agricultura urbana para compartilharem suas experiências, desafios, erros, acertos, etc.

13/05 (qui) - 16:30 às 18:00hs

Bate-papo sobre os desafios e soluções criativas encontradas para estimular a prática da compostagem em um território com pouca informação e interesse sobre o assunto.

13/05 (qui) - 19:00 às 20:30hs

A Campanha São Paulo Composta, Cultiva é formada por mais de 50 organizações e redes da sociedade civil, que propõe aumentar o comprometimento da Prefeitura e da Câmara de Vereadores de São Paulo com as políticas públicas para a reciclagem dos resíduos…

Separaremos 1 hora para responder dúvidas relacionadas à compostagem doméstica, se você possui alguma dúvida pontual e gostaria que fosse respondida, comente nesse post no Instagram…

Nessa conversa com especialistas, abordaremos os principais avanços da legais relacionados à compostagem na última década e o que ainda precisa ser melhorado.

15/05 (sab) - 11:00 às 12:30hs

Nessa atividade faremos a construção de um minhocário doméstico com uso de baldes ou potes plásticos reutilizáveis e mostraremos os diferentes tipos de sistema de compostagem que podem ser usados no ambiente residencial. Os principais temas abordados serão…

15/05 (sab) - 12:30 às 14:00hs

Nesse bate-papo, conversaremos sobre os benefícios e desafios em relação à implementação de compostagem em condomínios. Teremos uma rica reflexão de ideias com diferentes perfis do segmento condominial.

No encerramento da ReSemana da Compostagem teremos a satisfação de conversar com convidados especiais sobre perspectivas em relação ao momento presente e futuro da compostagem na cidade e estado de São Paulo.

E-BookCompostagem em Condomínios

PromoçãoComposteira Humi + Kit de Rodízios

ABERTURA - Importância da Compostagem

10/05 (seg) - 19:30 às 21:00hs

Para abrir a ReSemana da Compostagem, Cláudio Spínola conversará com 2 convidadas mais que especiais, com inspiradoras trajetórias. Essa roda de conversa visa proporcionar um ambiente informal de diálogo e reflexões sobre a importância da compostagem para o ser humano, sociedade e planeta. 


Claudia Visoni – Codeputada estadual (SP) pela Mandata Ativista, paulistana, jornalista, ambientalista, permacultora, agricultora urbana, cofundadora do grupo Hortelões Urbanos, da Horta das Corujas (primeira horta comunitária em praça pública da cidade de São Paulo), da União de Hortas Comunitárias de São Paulo, da Aliança pela Água, da iniciativa Objetivos da Compostagem e do Movimento Cisterna Já.

Soninha Francine –Professora, jornalista e política. Trabalhou na MTV Brasil, ESPN Brasil e Globo/CBN. Foi vereadora por dois mandatos na cidade de São Paulo, cujas principais preocupações foram populações vulneráveis, especialmente população em situação de rua; sustentabilidade, com ênfase em gestão das águas e resíduos sólidos; e finanças públicas, tendo sido vice-presidente da Comissão de Orçamento e Finanças na Câmara Municipal. Foi também Subprefeita da Lapa e secretária municipal de Assistência e Desenvolvimento Social na cidade de São Paulo. Hoje integra a equipe da Secretaria Municipal de Relações Internacionais, como Chefe de Gabinete.

Cláudio Spínola – Cofundador e Sócio-Diretor da Morada da Floresta, realiza ações e projetos para estimular a prática da compostagem doméstica na cidade de São Paulo e no Brasil. Em 2014 idealizou e coordenou o projeto Composta São Paulo junto com a Prefeitura de São Paulo. Para ampliar ainda mais a prática da compostagem doméstica no Brasil, projetou a Humi, uma composteira com minhocas ideal para casas e apartamentos que foi premiada pelo Brasil Design Award 2018.

Compostagem e trabalho com propósito

11/05 (ter) - 16:30 às 17:45hs

Nessa roda de conversa convidamos revendedoras da composteira de diferentes localidades e perfis profissionais para compartilhar como a compostagem agregou no propósito do trabalho que elas já realizavam.

Luana Garcia – Formada em Engenharia Civil e mestre em Saneamento e Ambiente pela UNICAMP, possui outras especializações sobre gestão integrada dos resíduos sólidos. Em 2018 fundou a Composta Barão para promover a compostagem doméstica através da revenda da composteira Humi e serviços de apoio à compostagem urbana em Campinas e São Paulo.

Marina Petzen – Bióloga, Especialista em Licenciamento Ambiental, Mestre em Ecologia e idealizadora da Rede Estilo Verde Moda Sustentável. Embaixadora do Instituto Lixo Zero, atua também como consultora e auditora para a Certificação. Apaixonada pelo empreendedorismo, compostagem e design de produtos, revende a Composteira Humi em Chapecó, SC.

Regina Carassini – Psicóloga, atuou por 20 anos em empresas na área de RH. No fim de 2018, com o nascimento do filho, optou por ficar um tempo maior em casa, curtindo o bebê, e acompanhando de perto essa fase. Após 20 anos como RH, em busca de algo diferente, fundou a BENÍSSIMO Desenvolvimento Humano e Organizacional, que dentre diversas melhorias, também estimula a prática da compostagem residencial com a Humi e a implementação da compostagem na sede dos clientes, em São José dos Campos. 

Mediação:
Cláudio Spínola- Cofundador e Sócio-Diretor da Morada da Floresta

Compostagem e Soluções Sustentáveis

11/05 (ter) - 19:00 às 20:00hs

Cláudio Spínola foi convidado pela Escola Santi para participar do Bate papo com especialista do programa Santi de Portas Abertas, que visa agregar ideias para gerar inovação. Nessas rodas de conversas temáticas, a mediação é realizada pelas famílias e equipe Santi. O tema desse bate-papo será Compostagem e Soluções Sustentáveis.

Cláudio Spínola

Cofundador e Sócio-Diretor da Morada da Floresta, realiza ações e projetos para estimular a prática da compostagem doméstica na cidade de São Paulo e no Brasil. Em 2014 idealizou e coordenou o projeto Composta São Paulo junto com a Prefeitura de São Paulo. Para ampliar ainda mais a prática da compostagem doméstica no Brasil, projetou a Humi, uma composteira com minhocas ideal para casas e apartamentos que foi premiada pelo Brasil Design Award 2018.

RESPONDENDO DÚVIDAS
Compostagem de grandes volumes

12/05 (qua) - 16:30 às 17:30hs

Separamos 1 hora para responder dúvidas relacionadas à compostagem de grandes volumes. Se você possui dúvidas e gostaria que fossem respondida, coloque-as em comentários nesse post.

 

Nícolas Fekete
Bacharel em Ciência e Tecnologia e apaixonado pela agricultura, atua no desenvolvimento e implantação dos projetos de compostagem e soluções ambientais que a Morada da Floresta desenvolve por todo o Brasil.

 

Victor Hugo Argentino de Morais Vieira
Engenheiro Ambiental e Urbano, Mestre em Ciência e Tecnologia Ambiental. Consultor técnico na Morada da Floresta, atua como consultor para projetos de gestão de resíduos sólidos com especialidade em compostagem em larga escala para empresas e prefeituras.

Mulheres Empreendedoras na Compostagem

12/05 (qua) - 19:00 às 20:30hs

Nessa roda de conversa, convidamos mulheres pioneiras na compostagem e agricultura urbana para compartilharem suas experiências inspiradoras.

 

Ana Lemos – Pioneira na prática da compostagem em ambientes urbanos. Iniciou em 2002  seu envolvimento com projetos que incluíam a compostagem, hortas urbanas e gestão de resíduos. Criou o Canteiro Urbano para potencializar a integração do homem com a natureza, a compostagem e o cultivo de alimentos na vida das pessoas do meio urbano. 

Fernanda Danelon – Jornalista e empreendedora de impacto socioambiental. Palestrante do TEDx, entre 2012 e 2019, desenvolveu o projeto Instituto Guandu, com a proposta de fechar o ciclo “do prato ao prato”, através da compostagem de resíduos orgânicos e implantação de hortas urbanas.

Sabrina Jeha – Geógrafa e herborista do viveiro Sabor de Fazenda. Idealizadora do Projeto Uma Horta Brotou, que incentiva as pessoas a plantarem seus próprios alimentos e ervas através de ingredientes da cozinha e a se conectarem com a natureza em experiências do dia a dia com as plantas que estão aos seus alcances para terem saúde e bem estar.

 

Mediação:
Cláudio Spínola – Cofundador e Sócio-Diretor da Morada da Floresta

Desbravando a Compostagem no Território

13/05 (qui) - 16:30 às 18:00hs

Bate-papo sobre os desafios e soluções criativas encontradas para estimular a prática da compostagem em um território com pouca informação e interesse sobre o assunto.

Fernanda Rezende – Professora da educação básica, doutora em Educação, mãe e entusiasta de práticas sustentáveis. Junto a Cláudia Emília, fundaram a Composte Bem, uma iniciativa de mulheres comprometidas com uma vida mais sustentável.

Gabriel – A IPE como revendedora da Humi na capital do Mato Grosso do Sul observa uma crescente procura por composteiras por variados públicos de diversos segmentos, o que evidencia a ascensão da compostagem doméstica no Estado. Um ato simples, que quando somados fazem uma grande diferença na destinação dos resíduos nos municípios.

Leonardo Dario
Começou a compostar pouco antes da pandemia. Por ser um nicho pouco falado em Mato Grosso, criou a Compostando MT, para fomentar a cultura sustentável na região, fornecendo além das composteira Humi, adubos orgânicos e escovas de bambu.

Renata Stuchi – Formada em Administração de Empresas, Educação Física e Pilates. Após trabalhar com Pilates por 3 anos, passou um tempo se dedicando à maternidade, quando conheceu a compostagem, a Humi e começou a compostar. Em 2020, com a pandemia, sentiu o impulso de levar essa prática a mais pessoas e se tornou uma revendedora Humi.

Mediação:
Cláudio Spínola – Cofundador e Sócio-Diretor da Morada da Floresta

Campanha São Paulo Composta e Cultiva

13/05 (qui) - 19:00 às 20:30hs

A Campanha São Paulo Composta, Cultiva é formada por mais de 50 organizações e redes da sociedade civil, que propõe aumentar o comprometimento da Prefeitura e da Câmara de Vereadores de São Paulo com as políticas públicas para a reciclagem dos resíduos orgânicos e promoção da agroecologia no município de São Paulo.

André Biazoti – Bacharel em Gestão Ambiental pela ESALQ/USP e Mestre pelo Programa de Pós-Graduação Interunidades em Ecologia Aplicada (PPGI-EA/USP). Atuou como coordenador de programas no Instituto Ambiente em Foco (IAF) e no Instituto 5 Elementos, Atua na área de agricultura urbana desde 2011, é integrante do Movimento Urbano de Agroecologia (MUDA_SP) e foi animador da Plataforma de Apoio à Agricultura Orgânica na cidade de São Paulo. 

Elisabeth Grimberg – Coordenadora de Resíduos Sólidos do Instituto Pólis, co-promotora da Aliança Resíduo Zero Brasil, representante da América Latina na rede GAIA (Aliança Global Alternativas à Incineração) e idealizadora da Campanha São Paulo Composta e Cultiva.

Nina Orlow – Arquiteta urbanista e pós-graduada em Gestão Ambiental é uma das mais importantes incentivadoras no Brasil, da Agenda 21 e ODS (Objetivos do Desenvolvimento Sustentável). Colaboradora da Rede Nossa São Paulo, possui experiência em Ciências Ambientais, com ênfase em Gestão Socioambiental.

Mediação:
Cláudio Spínola – Cofundador e Sócio-Diretor da Morada da Floresta

RESPONDENDO DÚVIDAS
Compostagem Doméstica

14/05 (sex) - 16:30 às 17:30hs

Separaremos 1 hora para responder dúvidas relacionadas à compostagem doméstica, se você possui alguma dúvida pontual e gostaria que fosse respondida, comente nesse post no Instagram.

Cláudio Spínola – Cofundador e Sócio-Diretor da Morada da Floresta, realiza ações e projetos para estimular a prática da compostagem doméstica na cidade de São Paulo e no Brasil. Em 2014 idealizou e coordenou o projeto Composta São Paulo junto com a Prefeitura de São Paulo. Para ampliar ainda mais a prática da compostagem doméstica no Brasil, projetou a Humi, uma composteira com minhocas ideal para casas e apartamentos que foi premiada pelo Brasil Design Award 2018.

Nícolas Fekete – Bacharel em Ciência e Tecnologia e apaixonado pela agricultura, atua no desenvolvimento e implantação dos projetos de compostagem e soluções ambientais que a Morada da Floresta desenvolve por todo o Brasil.

Marcos Legais da Compostagem no Brasil

14/05 (sex) - 19:00 às 20:30hs

Nessa conversa com especialistas, abordaremos os principais avanços da legais relacionados à compostagem na última década e o que ainda precisa ser melhorado.

Antonio Storel – Consultor Econômico e Técnico Sênior especialista em Compostagem e Gestão Sistêmica de Resíduos Sólidos Orgânicos. Engenheiro Agrônomo ESALQ–USP, especialista em Realidade Agrária Brasileira PUC–Goiás e em Sistemas Agrários PROTER-PUC–SP, pós-graduado em Gestão e Políticas Públicas FESPSP e Mestre em Desenvolvimento Econômico, Espaço e Meio Ambiente pelo Instituto de Economia–UNICAMP. Foi responsável pela Coordenação de Resíduos Orgânicos da Prefeitura de São Paulo de 2013-2016 e pela implantação de vários Pátios de Compostagem pelo Método LAPA nas cidades de São Paulo, São Luís-MA, Santa Cruz Cabrália-BA e outras.

Lúcio Costa Proença – Engenheiro sanitarista e ambiental pela UFSC e mestre em Economia para a Transição pelo Schumacher College. Servidor ambiental federal desde 2012, busca formas de trazer um paradigma mais sistêmico, holístico e regenerativo para o âmbito das políticas públicas, inspirado em abordagens como agrofloresta, permacultura e pensamento sistêmico. Foi coordenador de resíduos sólidos no Ministério do Meio Ambiente e tem contribuído para a elaboração de normativos, orientações técnicas e implementação de projetos para a compostagem descentralizada como política pública de resíduos sólidos. 

Marcos José de Abreu (Marquito) – Vereamor de Florianópolis e autor da Lei da Compostagem de Florianópolis/SC. Eng. Agrônomo e Mestre em Agroecossistema pela UFSC, foi coordenador Urbano do CEPAGRO, Presidente do CONSEA/SC e cocriador da Revolução dos Baldinhos. Em 2014, foi o responsável técnico pela implantação do Pátio de Compostagem da Lapa, na cidade de São Paulo. Nas últimas eleições municipais, Marquito (PSOL) foi o vereador mais votado da cidade de Florianópolis, para dar continuidade ao Mandato Agroecológico, iniciado no mandato anterior.

Mediação:
Cláudio Spínola – Cofundador e Sócio-Diretor da Morada da Floresta

Oficina de Compostagem Doméstica

15/05 (sáb) - 11:00 às 12:30hs

Nessa atividade faremos a construção de um minhocário doméstico com uso de baldes ou potes plásticos reutilizáveis e mostraremos os diferentes tipos de sistema de compostagem que podem ser usados no ambiente residencial. Os principais temas abordados serão:

  • Como construir um minhocário de forma simples
  • Como fazer a compostagem doméstica
  • Dicas de uso e manutenção do minhocário


Nicolas Fekete
Bacharel em Ciência e Tecnologia e apaixonado pela agricultura, atua no desenvolvimento e implantação dos projetos de compostagem e soluções ambientais que a Morada da Floresta desenvolve por todo o Brasil.

 

Obs: Essa oficina faz parte da programação Santi de Portas Abertas e será realizada pelo Google Meetting, e não pelo Instagram da Morada da Floresta.

Compostagem em Condomínios

15/05 (sáb) - 12:30 às 14:00hs

Nesse bate-papo, conversaremos sobre os benefícios e desafios em relação à implementação de compostagem em condomínios. Teremos uma rica reflexão de ideias com diferentes perfis do segmento condominial.

Alexandre Furlan Braz – Bacharel em Gestão Ambiental pelo Centro Universitário Senac, Pós-graduado pela ESPM em Gestão de Projetos e Liderança de Equipes e Master em Conforto Ambiental pela ONG ANAB. Em 2009, fundou o Instituto Muda, empresa que trabalha com gestão de resíduos em condomínios da cidade de São Paulo. A organização ganhou três premiações internacionais e duas nacionais, além de obter resultados expressivos como a implementação da metodologia em mais de 400 condomínios.

Eduado Zangari – Engenheiro civil formado pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo onde também cursou o MBA de gestão de facilidades. Especializado em investimentos imobiliários pela FGV e direito imobiliário pela Universidade Secovi. Sócio da Zangari Administradora desde 2000, diretor da Associação das Administradoras de Bens, Imóveis e Condomínios de São Paulo desde 2010 e secretário municipal de meio ambiente e urbanismo de Itaboraí em 2013.

Rogério Trava – engenheiro, físico, professor e ex-síndico do Condomínio Altos do Butantã. Rogério liderou a implementação do sistema de coleta seletiva no condomínio com 400 apartamentos e motivou mais de 1200 condôminos a separarem os resíduos orgânicos para fazer compostagem.

Mediação:
Cláudio Spínola – Cofundador e Sócio-Diretor da Morada da Floresta

ENCERRAMENTO da ReSemana
Futuro da Compostagem em SP

16/05 (dom) - 11:00 às 12:30hs

No encerramento da ReSemana da Compostagem teremos a satisfação de conversar com convidados especiais sobre perspectivas em relação ao momento presente e futuro da compostagem na cidade e estado de São Paulo.

Guilherme Turri – Consultor especializado em Comportamento, Sistemas e Políticas Públicas de Resíduos Sólidos Urbanos. Foi coordenador de estratégia, engajamento e conteúdo do Composta São Paulo, e também autor do Manual de Comunicação e Engajamento Social para a Gestão de Resíduos Sólidos, da ABRELPE e CCAC. 

Patrícia Iglecias – Com atuação destacada na temática ambiental, é a primeira mulher a presidir a CETESB. Foi Secretária do Meio Ambiente do Estado de São Paulo e é professora associada da Faculdade de Direito da USP. Recebeu a premiação Destaque Sustentabilidade WOCA, em reconhecimento pela sua atuação no programa Cidades do Pacto Global da ONU

Rafael Golin Galvão – Gerente de informação e pesquisa da Autoridade Municipal de Limpeza Urbana – AMLURB  Engenheiro Agrônomo formado na Esalq-USP com especialização na área ambiental e resíduos, é Gerente de informação e pesquisa da Autoridade Municipal de Limpeza Urbana – AMLURB.

Mediação:
Cláudio Spínola – Cofundador e Sócio-Diretor da Morada da Floresta

Cadastrar