Estadão – Sustentabilidade – São Paulo vai distribuir 2 mil minhocários para compostagem do lixo

O material jornalístico produzido pelo Estadão é protegido por lei. Para compartilhar este conteúdo, utilize o link:O material jornalístico produzido pelo Estadão é protegido por lei. Para compartilhar este conteúdo, utilize o link:http://sustentabilidade.estadao.com.br/noticias/geral,sao-paulo-vai-distribuir-2-mil-minhocarios-para-compostagem-do-lixo,1513120http://sustentabilidade.estadao.com.br/noticias/geral,sao-paulo-vai-distribuir-2-mil-minhocarios-para-compostagem-do-lixo,1513120O material jornalístico produzido pelo Estadão é protegido por lei. Para compartilhar este conteúdo, utilize o link:http://sustentabilidade.estadao.com.br/noticias/geral,sao-paulo-vai-distribuir-2-mil-minhocarios-para-compostagem-do-lixo,1513120No dia 16 de junho de 2014, o jornal Estadão publicou uma matéria explicando a Compostagem Doméstica e o projeto Composta São Paulo.

Confira a matéria na íntegra:

http://sustentabilidade.estadao.com.br/noticias/geral,sao-paulo-vai-distribuir-2-mil-minhocarios-para-compostagem-do-lixo,1513120

 

O material jornalístico produzido pelo Estadão é protegido por lei. Para compartilhar este conteúdo, utilize o link:http://sustentabilidade.estadao.com.br/noticias/geral,sao-paulo-vai-distribuir-2-mil-minhocarios-para-compostagem-do-lixo,15131

Diário do Comércio (2013-08)

Matéria sobre a Morada da Floresta publicada pelo Diário do Comércio no dia 04 de agosto de 2013:

Jornal Comum (Mackenzie) (2012-05)

Matéria realizada para o Jornal Comum, jornal interno da Universidade Mackenzie, pela jornalista Marina Lopes.

Revista São Paulo – Especial Verde (2011-05)

Cláudio Spínola indica lugares que pensam sustentabilidade em São Paulo em seção GPS da edição número 50 da Revista São Paulo, publicada aos domingos na Folha de São Paulo. Trata-se de uma edição especial sobre sustentabilidade, publicada no dia 29 de maio de 2011.

Confira a matéria clicando na imagem ao lado.

 

Folhinha – Folha de São Paulo

25/02/2012 – 03h30

Saiba mais sobre as minhocas e aprenda a fazer um minhocário

Gabo Morales/Folhapress
O garoto Micah Spínola, 1, brinca com terra em minhocário
O garoto Micah Spínola, 1, brinca com terra em minhocário

O trabalho das minhocas lembra o famoso ditado do químico Antoine Lavoisier (1743-1794): “Na natureza, nada se cria, nada se perde, tudo se transforma”.

Esses bichos podem comer o nosso lixo orgânico (restos de comida) e liberar um cocô que funciona como adubo (substância que dá força para as plantas).

Então, por que não levá-los para dentro de casa e reduzir o volume do saco que deixamos na rua para o lixeiro levar?

Até mesmo quem mora em apartamento pode ter um minhocário doméstico. Trata-se de um sistema de caixas de plástico empilhadas onde minhocas são criadas. Elas se alimentam com restos de verduras, folhas, frutas etc. e, a partir daí, produzem adubo.

Algumas empresas vendem kits de minhocultura e dão cursos de como utilizá-los, mas é possível fazer um minhocário em casa (veja passo a passo ao lado).

“Nas grandes cidades, é uma maneira de reduzir os danos do lixo à natureza”, diz Cláudio Spínola, 35, diretor-executivo da Morada da Floresta, que vende minhocas e minhocários.

Para Cesar Danna, 38, diretor-administrativo da empresa Minhocasa, os minhocários domésticos são uma ferramenta para a educação ambiental. “A criança consegue ver o ciclo completo, desde que o lixo é gerado, o jeito errado de jogá-lo fora e o resultado da transformação em adubo.”

Outro “maluco” por minhoca é o zootecnista Afrânio Augusto Guimarães, criador da empresa Minhobox e do Portal da Minhoca, que reúne informações sobre minhocas e vende as vermelhas-da-califórnia –espécie mais adequada a minhocários domésticos.

Segundo Raquel Ribeiro, autora de “A Fuga das Minhocas”, o minhocário precisa de pouco espaço em casa, mas de muita boa vontade. “Nossa cultura diz que temos de nos livrar rapidamente do lixo, como se evaporasse nos lixões, e trata como nojento o resíduo orgânico [restos de comida]. Curioso, não? É a mesma comida que foi para a nossa barriga”, fala.

MINHOCAS EM CASA

Criança pode montar um minhocário, com a ajuda de um adulto. Veja passo a passo.

Fotos Gabo Morales/Folhapress

20120227_folhinha-_folha_de_sao-_paulo_01

Passo 1

1 – Para fazer um kit de minhocultura, separe três caixas modulares (que se encaixam umas nas outras). Com uma furadeira, um adulto faz vários buracos no fundo de duas delas.

2 – As bordas da tampa também devem ser furadas, com uma broca fina, para possibilitar a passagem de ar.

Passo 3

Passo 3

3 – Na caixa que fica embaixo das outras, deve ser feito um furo maior em um dos lados. Encaixe uma pequena torneira (como as usadas em filtros de água).

4 – Depois de empilhar as caixas, coloque a terra com as minhocas na de cima, até chegar à altura de mais ou menos dois dedos. Faça o mesmo com a caixa do meio.

5 – Despeje os resíduos orgânicos (folhas, restos de frutas, guardanapo de papel usados) na caixa de cima. Cubra o lixo orgânico com a mesma quantidade de serragem, folhas secas ou papel de jornal picado.

Passo 5

Passo 5

6 – Quando a caixa de cima ficar cheia, troque-a de lugar com a do meio. Quando os restos de comida voltarem a ser colocados na de cima, as minhocas, que estão na do meio, vão subir pelos furinhos para voltar ao trabalho.

Ilustração Orlando Pedroso/Folhapress
Compostagem
Veja como é um minhocário por dentro

Quando a de cima estiver cheia de novo, a do meio terá adubo; ponha no jardim e comece tudo de novo. A caixa de baixo acumulará um líquido que deve ser retirado pela torneira e usado para regar plantas.

 

Fonte:
http://www1.folha.uol.com.br/folhinha/1052606-saiba-mais-sobre-as-minhocas-e-aprenda-a-fazer-um-minhocario.shtml

Folha de São Paulo – Folha Teen – DE OLHO NA MINHOCA

A Morada da Floresta contribuiu com os conteúdos e informações para o jornalista Diogo Bercito escrever e desenvolver a matéria DE OLHO NA MINHOCA, publicada nesta segunda-feira, dia 13 de setembro de 2010, na Folha Teen, caderno semanal da Folha de São Paulo.

Trata-se de uma página inteira explicando o funcionamento e oferecendo dicas de construção e manuseio do Minhocário Doméstico em caixas modulares.