Práticas Sustentáveis

Permacultura Urbana: novas formas de habitar a paisagem

Esse curso visa demonstrar como as pessoas que se interessaram por essas práticas, percebem e convivem em seu ambiente urbano, considerando alguns temas como água, bioconstrução e solos e adequaram as possibilidades de clima, e de territorialidade, incluindo a questão de estar num grande centro urbanos. Neste percurso, além de discussões em grupo, visitaremos três espaços: a Morada da Floresta localizada no Jardim Bonfiglioli na zona Oeste de São Paulo; a Casa do Alpendre localizada no Jardim Rolinópolis também na Zona Oeste e por fim a Casa Ecoativa localizada no extremo sul de São Paulo no Distrito do Grajaú.
Valor: RS 24,00 com carteirinha do SESC / R$40,00 Meia e R$80,00 inteiro
Almoço incluído em todas as visitas. 08/01. Encontro teórico: introduzindo o tema Permacultura, entendendo o que é a cidade e quais os problemas dela. A metodologia será por Roda de Conversa e dinâmicas. (das 14hrs às 16hrs) 15/01. Vivência na Morada da Floresta: demonstração de tecnologias de compostagem, plantio com a abordagem de temas como; solos saudáveis e plantio com diversidade, inclui almoço orgânico e vegetariano. (10hrs às 16hrs) 22/01. Vivência na Casa do Alpendre: apresentando as 3 tecnologias relacionadas à água: captação e armazenamento (cisternas); filtragem de águas cinzas (sistema da pia da cozinha) e reuso (criação de peixes no laguinho e irrigação da horta) ; aquaponia. Inclui material didático-pedagógico introdutório no formato fanzine e almoço; (10hrs às 16hrs) 29/01. Vivência na Casa Ecoativa: visita guiada pelas tecnologias do espaço atividade prática de Bioconstrução, almoço com as mulheres do projeto Vargem Grande Saudável. (10hrs às 16hrs) 05/02. Fechamento do curso: discussão sobre as possibilidades de utilizar as tecnologias apresentadas no cotidiano de casas e apartamentos. (14hrs às 16hrs) Com Estela Cunha CriscuoloCasa Ecoativa e Casa do Alpendre. As inscrições pela internet podem ser realizadas até um dia antes do início da atividade. Após esse período, caso ainda haja vagas, é possível se inscrever pessoalmente em todas as unidades. Após o início da atividade não é possível realizar inscrição. Condições especiais de atendimento, como tradução em libras, devem ser informadas por email ou telefone, com até 48 horas de antecedência do início da atividade. centrodepesquisaeformacao@sescsp.org.br / 11 3254-5600 Para mais informações: http://centrodepesquisaeformacao.sescsp.org.br/atividade/permacultura-urbana-novas-formas-de-habitar-a-paisagem ou educacao@moradadafloresta.eco.br

Folha de SP - Material orgânico desperdiçado custa R$ 465 milhões à cidade de São Paulo

COLABORAÇÃO PARA A FOLHA 19/04/2017 09h03Das 20 mil toneladas descartadas pelos paulistanos todos os dias, mais da metade (52%) é material orgânico. São restos de alimentos, frutas e podas de árvores que acabam indo parar no lixo, quando podiam ser "reciclados" por meio da compostagem. Esse desperdício custa R$ 465 milhões por ano, ... Confira a matéria na íntegra no site da Folha de SP

Folha de São Paulo - Empreendedor Social - Ex-república alternativa, Morada da Floresta vira usina de permacultura

logo_premio_empreendedor_social_2016 Matéria Ex-república alternativa, Morada da Floresta vira usina de permacultura da Folha de São Paulo para o Prêmio Empreendedor Social 2016.
[caption id="attachment_3766" align="alignnone" width="562"]SAO PAULO, SP - 29 AGOSTO: Claudio Vinícius Spínola, empreendedor social e diretor da Morada da Floresta, posa para foto com sua esposa e socia Ana Paula Silva e seus filhos, no Butanta, em Sao Paulo, em 29 de agosto de 2016. (Foto: Na Lata)******PREMIO EMPREENDEDOR SOCIAL 2016****** SAO PAULO, SP - 29 AGOSTO: Claudio Vinícius Spínola, empreendedor social e diretor da Morada da Floresta, posa para foto com sua esposa e socia Ana Paula Silva e seus filhos, no Butantã, em Sao Paulo, em 29 de agosto de 2016. (Foto: Na Lata)******PREMIO EMPREENDEDOR SOCIAL 2016******[/caption]

Natureza em São Paulo e Transformação PorQueNão? (2014-08)

Edição da entrevista gravada com Cláudio Spínola no dia  30-08-2014 pelo projeto PorQueNão?  

Permacultura Urbana - Por Que Não? (2014-12)

Edição da entrevista gravada com Cláudio Spínola no dia  30-08-2014 pelo projeto PorQueNão?

Tecendo São Paulo (Episódio 10 - Morada da Floresta) (2013-05)

Vídeo realizado pelo projeto Tecendo São Paulo, por Ricardo Young.

A gravação foi realizada no final de 2012 e a publicação original em maio de 2013.



Trabalhar dentro da sociedade para fazer a transformação e não simplesmente sair dela. É com este lema que a Morada da Floresta vem contribuindo para uma São Paulo mais sustentável. O casal Cláudio e Paula transformaram a casa em que moram em uma empresa sustentável. Além de otimizar o uso de cada espaço da casa, com horta e coleta seletiva; como empresa, fazem compostagem, oferecem curso e almoços naturais, além de venderem produtos sustentáveis, como modernas fraudas de pano. E provam que a mudança realmente começa dentro de casa, transformando a nossa própria morada.

Programa Caminhos Alternativos - Rádio CBN (2012-04)

Clique aqui para ouvir o programa Caminhos Alternativos da rádio CBN onde Cláudio Spínola e Ana Paula Silva falam sobre a Morada da Floresta.  

Matéria de rádio sobre Permacultura Urbana (2011-12)

Clique aqui para ouvir a matéria de rádio produzida por Camila Salmazio.  

As Boas Novas - Família Sustentável (2010-08)

Confira a matéria Família Sustentável escrita por Nara Bianconi no site asboasnovas.com.br

Apresentação da Morada da Floresta por Ana Paula Silva (2009-02)

G1 - Confira dicas para levar uma vida ambientalmente mais sustentável (2009-12)

Matéria de Dennis Barbosa em vídeo publicada no dia 03 de dezembro de 2009 no site G1:

 

 

Sinopse:

Na Conferência da ONU sobre Mudanças Climáticas (COP 15), este mês, em Copenhague, líderes mundiais vão discutir e negociar medidas para reduzir as emissões de gases causadores de efeito estufa.

Mas o esforço para que as mudanças climáticas tenham menor impacto sobre o planeta não passam apenas pelas negociações diplomáticas. Os cidadãos também podem contribuir com mudanças em seu cotidiano.

O G1 visitou uma casa em São Paulo onde os moradores buscam viver provocando menor impacto sobre o meio ambiente, inclusive com menores emissões de gases de efeito estufa.

Adeptos da permacultura, um método criado na década de 70 que pretende que as pessoas vivam em ambientes sustentáveis, eles plantam parte de sua própria comida em uma horta, usam luz solar para aquecer água, transformam seu lixo orgânico em adubo e evitam o uso de carro. Veja no vídeo os hábitos adotados pelos moradores da casa com explicação de um educador ambiental que vive ali.

 

Ser Sustentável - Casa Ecológica - Parte 1 (2008-11)

Ser Sustentável - Casa Ecológica - Parte 2 (2008-11)

Tour pela Morada - PDC 2007 (parte 1) (2008-08)

Tour pela Morada - PDC 2007 (parte 2) (2008-08)

Permacultura na Morada da Floresta (2008-04)


Planeta Sustentável - Um mergulho na Permacultura (2007-12)

Link da matéria de Giuliana Capello sobre o PDC realizado em dezembro de 2007 na Morada da Floresta com Marcelo Bueno : http://planetasustentavel.abril.com.br/blog/gaiatos-e-gaianos/66008/