Petição para inclusão da Compostagem no Programa de Metas da Prefeitura de São Paulo

Até o final de março, a Prefeitura de São Paulo apresentará o Programa de Metas para a gestão do Prefeito Fernando Haddad. Esse documento definirá as prioridades nos quatro anos de governo e estamos bastante empenhados em fazer a compostagem acontecer de fato na nossa cidade. Solicitamos seu apoio para que nossas propostas sejam incluídas no Programa de Metas do município. Mesmo não morando em São Paulo, você pode assinar a petição!

Contamos com sua colaboração assinando e divulgando a nossa campanha!

http://www.avaaz.org/po/petition/Compostagem_no_Programa_de_Metas_da_Prefeitura_de_Sao_Paulo/?cmIILab

Por que isto é importante

Segundo o portal da Prefeitura de São Paulo, a cidade gera cerca de 18 mil toneladas de lixo diariamente. Só de resíduos domiciliares são 10 mil toneladas por dia. E mais da metade são resíduos orgânicos.

O atual sistema de coleta e destinação envolve o transporte dos resíduos por grandes distâncias pelas vias públicas, poluição gerada pelos caminhões coletores, sobrecarga nos aterros e desperdício de matéria-prima.

Propostas de Metas

A compostagem é a opção mais sustentável para o tratamento da parcela orgânica. Dessa forma, elaboramos algumas metas que gostaríamos que fossem incluídas no Programa de Metas do município.

  1. Compostar 30% dos resíduos orgânicos gerados no município, até 2016, incentivando iniciativas locais e descentralizadas e a compostagem domiciliar;
  2. Implantar pelo menos 1 Pátio de Compostagem por Subprefeitura, para resíduos de madeira, podas de árvores e capina – (LEI PAMPA – 14.723/2008);
  3. Implantar o Programa Feira Limpa em todas as feiras livres da cidade;
  4. Realizar uma campanha educativa/ano, com ampla divulgação, para redução no desperdício de alimentos;
  5. Implantar sistemas de compostagem em pelo menos 20% dos equipamentos públicos municipais (mercados, postos de saúde, parques e praças, por exemplo), integrados a hortas urbanas;
  6. Implantar pátios de compostagem e/ou vermicompostagem, nas escolas municipais, transformando em adubo pelo menos 80% das sobras de cozinha e resíduos de jardinagem gerados no local;
  7. Realizar compras públicas de composto orgânico produzido na cidade. Até 2016, 30% do adubo adquirido pela Prefeitura deve ser de composto orgânico produzido na cidade.

O Grupo Pró-Viabilização da Compostagem na Cidade de São Paulo existe desde 2012 e tem discutido propostas para fazer da compostagem uma realidade na cidade. O grupo reúne instituições e pessoas que praticam a compostagem em seus projetos e, para enriquecer o debate sobre o tema, realizou o Seminário de Compostagem na Cidade de São Paulo: Gestão Adequada dos Resíduos Orgânicos, no Salão Nobre da Câmara Municipal de São Paulo em agosto de 2012.

Seu apoio nos ajudará a fortalecer a nossa solicitação de inclusão nas metas propostas no Programa de Metas da gestão da Prefeitura de São Paulo até 2016!

Ajude a transformar a realidade da gestão dos resíduos orgânicos da cidade de São Paulo!

Assine e divulgue a petição para seus amigos!

Agradecemos sua participação e divulgação!

Grupo Pró-Viabilização da Compostagem em São Paulo: